ISSN 1807-0310 versão online

SOBRE ESTA REVISTA

 

Contatos

Coordenação editorial
Benedito Medrado - Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife/PE, Brasil
E-mail: editoria2023@gmail.com

Simone Maria Hüning - Universidade Federal de Alagoas (UFAL), Maceió/AL, Brasil
E-mail: simone.huning@ip.ufal.br

Editoria executiva
Ana Lídia Brizola
E-mail e Hangouts: revistapsisoc@gmail.com

 

 

Informações básicas

Fundada em 1986, a revista Psicologia & Sociedade publica, em fluxo contínuo, textos originais que apresentem resultados de pesquisa, argumentos e discussões sobre temáticas relevantes à produção de conhecimento em psicologia social e áreas afins, a partir de uma postura crítica, criativa, questionadora e interdisciplinar.

A revista tem acesso aberto e não cobra taxas de qualquer espécie.

A abreviatura de seu título é Psicol. Soc., que deve ser usada em bibliografias, notas de rodapé e em referências e legendas bibliográficas.

 

Fontes de indexação

Os artigos publicados em Psicologia & Sociedade são indexados ou resumidos por:

Clase (Universidad Nacional Autónoma de México)

Dialnet

DOAJ

Index-Psi Periódicos (CFP)

Latindex

Lilacs

Psicodoc

Redalyc

SciELO

Scopus

Sociological Abstracts e CSA

Ulrichs

 

Apoio

Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Pernambuco, Recife/PE
Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Alagoas, Maceió/AL
Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade de São Paulo, Ribeirão Preto
Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande/MS
Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal de Pernambuco
Programa de Pós-Graduação em Psicologia Social da Universidade de São Paulo (IP-USP), São Paulo/SP
Programa de Pós-graduação em Psicologia da Universidade Federal do Pará, Belém/PA, Brasil
Programa de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal de Alagoas
Universidade Autônoma de Barcelona, Barcelona, Espanha

Fontes de financiamento

  • Dossiê Abordagens psicossociais sobre a primeira fase da pandemia do novo coronavírus no Brasil: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
  • Associação Nacional de Pesquisa e Pós-graduação em Psicologia (ANPEPP)
  • Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq)
  • Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais (FAPEMIG)

Divulgação

Facebook: https://www.facebook.com/revistapsicologiaesociedade/
Instagram: @psicologiaesociedade

Foco e escopo

Em respeito à tradição de nossa revista, que se consolida a partir da resistência a formas individualistas e abordagens experimentais de pesquisa em psicologia social, a Psicologia & Sociedade publica textos que: 1) dialoguem criticamente com a literatura e com debates contemporâneos em relação ao tema abordado e ao campo de estudos em psicologia social (no âmbito das ciências humanas e sociais) e não apenas arrolem textos e autores; 2) sejam de natureza explicitamente analítica, com solidez de argumentos e não apenas uma descrição de procedimentos, resultados e análises e 3) apresentem contribuição inequívoca do manuscrito ao campo de estudos sobre o qual versa o texto em apreciação e sobre o campo teórico que aborda.

Psicologia & Sociedade publica: 1) artigos (relatos de pesquisa, estudos teóricos ou revisões críticas de literatura); 2) entrevistas; 3) resenhas de livros; e 4) traduções. Em casos de efetiva inovação acadêmica e/ou científica, são também aceitos 5) relatos de experiência profissional (descrição de procedimentos e estratégias, ou estudos de caso).

Periodicidade

Psicologia & Sociedade adota a modalidade de publicação continuada, ou seja, os artigos aprovados (e editorados) podem ser imediatamente publicados, não sendo necessário fechar um número ou obedecer a uma frequência determinada, como semestral ou quadrimestral. Assim, desde 2017, publicamos apenas um volume por ano, que vai sendo incrementado com novos artigos à medida em que vão sendo avaliados, aprovados e editorados no referido ano.

Política de Acesso Livre

Psicologia & Sociedade oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização do conhecimento.

Fluxo editorial e Avaliação por pares

É uma condição para publicação do manuscrito submetido a este periódico que o mesmo não tenha sido publicado e não seja simultaneamente submetido a outro veículo de divulgação.
O processo de avaliação de manuscritos é feito em 2 (duas) etapas, conforme ilustradas e descritas a seguir:

1ª etapa de avaliação - Adequação às normas
Após a submissão, os manuscritos são avaliados quanto à adequação às normas aqui especificadas (Instruções aos Autores). Nessa etapa, conduzida pela equipe composta por Editores/as e Assessores/as, são conferidos todos os itens explicitados para preparação do manuscrito, bem como o preenchimento completo dos metadados da submissão. Quando houver equívocos, os autores serão notificados e a submissão será arquivada. Considerando que a verificação da adequação das normas é tarefa dos/as autores/as, nos casos de manuscrito rejeitado, a comissão editorial se reserva o direito de não identificar, nesta etapa da avaliação, o item (ou itens) que o texto esteja em desacordo, em relação às regras da revista.

2ª etapa de avaliação – Avaliação por pares
Nesta etapa, os Coeditores  realizam, inicialmente, a avaliação de relevância do manuscrito para o campo da Psicologia Social, adequação ao escopo da revista e qualidade geral do texto aprovado na primeira etapa.

Os manuscritos aprovados nesta etapa são, então, acompanhados pela equipe de editores/as da Psicologia & Sociedade, que se responsabiliza pela designação de avaliadores/as. As submissões são encaminhadas para avaliação por pares preservando a identidade dos autores/as e consultores/as (doubleblindreview).

Os pareceres emitidos pelos/as consultores/as contêm justificativas que podem sugerir a aprovação para publicação sem alterações, a aprovação para publicação com recomendações de alterações ou a não recomendação de publicação. Aos/às editores/as, após a apreciação de versões reformuladas, cabem as decisões finais sobre os manuscritos, inclusive quanto à necessidade de novas reformulações. Os autores serão informados de todas as etapas. A equipe editorial reserva-se o direito de fazer pequenas modificações no texto dos autores para agilizar o processo.

Produção editorial
Nesta etapa do processo editorial, os textos passam por tratamento técnico que envolve revisão, edição, verificação anti-plágio, editoração eletrônica e preparação de XML. Este processo é coordenado pela editora gerente e equipe técnica contratado para este fim.

Os/as autores/as não são submetidos/as à cobrança de taxa de submissão de artigos de avaliação ou de edição/editoração dos mesmos (APC).

Ética e boas práticas para publicação

Editores/as
A prática editorial e a relação do editor com os autores e avaliadores estão amparadas no Guia para editores do Committee on Publication Ethics (COPE).
Toda decisão editorial é fundamentada na originalidade, contribuição, pertinência, vigência temática, estrutura geral e cumprimento das políticas editoriais para atendimento do escopo da revista.

Avaliadores/as
A avaliação se baseia no mérito do trabalho, não influenciada, positiva ou negativamente, por motivos pessoais, financeiros ou preconceito de qualquer ordem.

As submissões e os detalhes das revisões são mantidos sob confidencialidade. A revista oferece, no entanto, a opção de publicar anonimamente o parecer juntamente ao artigo, caso o/a avaliador/a deseje.
O/A avaliador/a deve se certificar e informar aos editores de qualquer potencial conflito de interesse antes do aceite da avaliação ou durante o processo, nesses casos, os/as Editores/as encaminharão o manuscrito a outro revisor.
Ao se deparar com alguma irregularidade em relação ao artigo avaliado, o/a avaliador/a deve comunicar ao/à editor/a. Exemplos de possíveis irregularidades são: identificação de plágio; fabricação e/ou falsificação dos resultados; publicação redundante.
Não são aceitos pareceres que não estejam suficientemente justificados.

Autores/as
A indicação de autoria em um artigo científico, seguindo o Guia pra autores da COPE , se deve apenas àqueles que:
a) contribuem intelectual, direta e substancialmente na concepção da pesquisa/artigo (aquisição, análise ou interpretação dos dados apresentados);
b) participam na construção das versões preliminares ou revisão crítica do conteúdo do artigo;
c) responsabilizam-se pela autoria a fim de garantir exatidão e integridade do artigo.

Os/As autores/as devem declarar a  existência de conflito de interesses quando for o caso, utilizando o campo apropriado disponível no sistema (Comentários ao editor) durante o processo de  submissão.

  • Retratação e manifestação de preocupação

Os/As editores/as tem o dever de agir na suspeita ou alegação de má conduta identificada. Esta investigação se estende tanto às submissões quanto aos artigos publicados.

Psicologia & Sociedade tem como instrumento os fluxogramas COPE para apurar fatos e determinar as ações necessárias na resolução dos casos. Também adota o Guia pra registro e publicação de retratação do Scielo.

Propriedade intelectual

Todo o conteúdo do periódico, exceto onde estiver identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons do tipo BY 4.0.

Isso significa que qualquer usuário tem direito de:

  1. Compartilhar — copiar, baixar, imprimir ou redistribuir o material em qualquer suporte ou formato
  2. Adaptar — remixar, transformar, e criar a partir do material para qualquer fim, mesmo que comercial.

De acordo com os seguintes termos

  1. Atribuição — Você deve dar o crédito apropriado, prover um link para a licença e indicar se mudanças foram feitas. Você deve fazê-lo em qualquer circunstância razoável, mas de maneira alguma que sugira ao licenciante a apoiar você ou o seu uso.
  2. Sem restrições adicionais — Você não pode aplicar termos jurídicos ou medidas de caráter tecnológico que restrinjam legalmente outros de fazerem algo que a licença permita.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados neste periódico serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.

Arquivamento

Psicologia & Sociedade se preocupa com o acesso ao conteúdo a longo prazo. Caso ocorra algum sinistro nos servidores, os arquivos digitais da revista estão preservados pela SciELO, que utiliza a CLOCKSS para a preservação dos periódicos de SciELO Brasil. O CLOCKSS (Controlled LOCKSS) emprega uma abordagem única de arquivamento que foi iniciado pelos bibliotecários da Universidade de Stanford em 1999. O conteúdo digital é armazenado no arquivo CLOCKSS sem acesso de usuários/as. A tecnologia LOCKSS verifica regularmente a validade dos dados armazenados e os preserva a longo prazo.

[Home] [Corpo editorial] [Instruções aos autores] [Assinaturas]


Creative Commons License Todo o conteúdo do periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons

Universidade Federal de Pernambuco
Centro de Filosofia e Ciências Humanas (CFCH)
Av. da Arquitetura S/N - 7º Andar - Cidade Universitária
Recife – PE - CEP: 50740-550


revistapsisoc@gmail.com